APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) vai para as Nações Unidas em Genebra, para apresentar documentos sobre a violação dos direitos humanos dos povos indígenas no Brasil

Uilton Tuxá, discurso no painel do Bundestag alemão (Foto© POVOS DA TERRA)

Uilton Tuxá, discurso no painel do Bundestag alemão (Foto© POVOS DA TERRA)

BERLIN, 9.11.2012:  “É importante que a comunidade internacional se manifeste em defesa dos direitos dos povos indígenas brasileiros porque o governo do federal junto com o Congresso Nacional do Brasil não estão preocupados em assegurar o direitos dos povos indígenas sobre os territórios tradicionais  e neste momento estão a um de aprovar Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 215/00 que irá alterar o Artigo 231 da Constituição Federal do Brasil onde está garantido o direito aos nossos territórios tradicionais, caso essa PEC seja aprovada significará um grande retrocesso em nossa luta pelo respeito aos nossos direitos. Tudo isso não está acontecendo por acaso, o objetivo principal dessa negação de direito é justamente favorecer a exploração de nossos territórios como: execução de mais de 500 de grandes projetos de desenvolvimento econômico do governo brasileiro que irão impactar nossos territórios tradicionais a exemplo de usinas hidrelétricas, transposição do rio São Francisco, ferrovias entre outros, visam ainda favorecer o empreendimento de agronegócio em nossos territórios, mineração, acesso das forças armadas sem aviso prévio às comunidades indígenas e nem ao Órgão Indigenista Oficial a Fundação Nacional do Índio (FUNAI). Por isso vim pedir ajuda humanitária na Europa em nome dos povos indígenas do Brasil, os nossos direitos estão ameaçados e é muito importando contar com o apoio da sociedade brasileira e com a comunidade internacional.”

Uilton Tuxá

Tags: , , , ,

Comments are closed.